domingo, 3 de maio de 2009

De blogs educativos e do I Encontro de Informática na Educação

NOVOS BLOGS NA ÁREA:

O mês de Abril foi o mais promissor e fecundo destes últimos tempos. Novos blogs surgiram como forma de trabalhar pedagogicamente datas comemorativas, informes, ações educativas ou simplesmente dialogar, trocar experiências.
Além do blog do professor
Raphael Herdry - já tão comentado no blog da CTAE e durante o I Encontro de Informática na Educação - que busca trocar experiências na área da educação trazendo pra gente um interessante relato de aula, onde o professor de educação física Fernando Ubirajara nos dá uma lição de criatividade para superar obstáculos no cotidiano escolar - apresentamos também o Blog da Escola Maroja Neto, que nasceu durante o curso ministrado por este NTE, no mês de janeiro, na própria escola. É um blog informativo das ações da escola e que, apesar de tão novo, já dá sinais de que vai se transformar em um grande espaço de diálogo com seus alunos.
Outro blog informativo das ações pedagógicas e administrativas é o blog da
Escola Frei Miguel de Bulhões, localizada no município de São Miguel do Guamá, que promete também se tornar um forte canal de diálogo com a comunidade escolar e com o mundo.
E finalmente, chegamos ao Blog da Escola Olinda Veras Alves, que é anterior ao blog do NTE, mas que foi descoberto por nós através do link no blog do professor Raphael. É a prova de que WEB dá visibilidade ao trabalho educativo de todos nós.
O
Blog da Escola Olinda Veras Alves, no município de Curuça, traz a marca da socialização das ações pedagógicas e administrativas, com destaque para as atividades realizadas com e pelos alunos.
Outros blogs surigirão na constelação da educação deste Estado e prometem novas surpresas após a oficina de blogs que será realizada no NTE de Castanhal, nos dias 06 e 07/05/2009.

___________________________________________________________________



O I ENCONTRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO

A coordenação deste NTE, vem publicamente agradecer ao grupo de coordenadores pedagógicos, professores, coordenadores de sala de informática, gestores e alunos que fizeram desse evento um momento fecundo de esclarecimento, socialização de idéias, trocas de experiências e de relatos de ações educativas no campo da informática educativa e que tem dado resultados muito positivos, apesar das inúmeras dificuldades encontradas por todos.

Grandes destaques:

  • A professora Miriã Ohaze que, como aluna do curso Mídias na Educação, trouxe um relato emocionante de suas dificuldades iniciais num curso de modalidade EAD, mas que -mesmo antes de concluir o Ciclo Básico do curso - já percebe uma grande transformação em sua prática pedagógica.

  • Aos grupos temáticos que se formaram pela parte da tarde. Em geral, nos eventos em que ocorrem GT's, há um esvaziamento da plenária, caindo a produtividade. No nosso caso, a plenária demonstrou o grande interesse pelo debate, retornando e provocando discussões sobre suas realidades locais tão fortes e interessantes que chegaram a brigar com os organizadores do evento por mais tempo para a socialização das discussões, a despeito do tempo que tínhamos firmado com a chefia do Auditório da Escola Agrotécnica.

  • A Coordenação da CTAE, professor Luis Cavalcante, que surpreendeu aos educadores presentes ao mostrar íntimo conhecimento dos projetos educativos dos professores da área de abrangência deste NTE, graças ao acompanhamento diário que faz dos blogs dos professores e das Escolas. Demonstra uma raríssima qualidade em uma figura de chefia: a busca pela proximidade com o povo, o que me faz lembrar a composição de Milton Nascimento e do Fernando Brant "Nos bailes da Vida" e com a qual o homenageio por sua demonstração de humildade e de colaboração:

"Só quem toma um sonho
Como sua forma de viver

Pode desvendar o segredo
de ser feliz
Foi nos bailes da vida ou num bar em troca de pão

Que muita gente boa pôs o pé na profissão

De tocar um instrumento e de cantar

Não importando se quem pagou quis ouvir

Foi assim

Cantar era buscar o caminho que vai dar no sol

Tenho comigo as lembranças do que eu era

Para cantar nada era longe, tudo tão bom

Té a estrada de terra na boléia de um caminhão

Era assim

Com a roupa encharcada e alma repleta de chão
Todo artista tem de ir aonde o povo está

Se foi assim, assim será

Cantando me disfaço e não me canso de viver

Nem de cantar
"

  • E não poderia jamais deixar de homenagear especialmente, a equipe inteira do NTE, professoras Ana Célia, Diná Rocha, Elaine Pimentel e Síntia Valente que juntas formaram um corda humana de solidariedade em busca da realização desse evento mais forte do que a corda material que puxa a Berlinda de Nossa Senhora de Nazaré, pois em momento nenhum ela se desatou. Um evento para um público de 200 pessoas, muitas delas provenientes de outros municípios, que precisavam almoçar no local (ja que vinham de tão longe) e sabedoras da necessidade que existia em todos de discutir sobre o processo de introdução das tecnologias na nossa área de abrangência, fizemos de tudo para oferecer o que de melhor possuíamos. Muitas pessoas chegaram a nos perguntar como havíamos conseguido tal feito, com tantas adversidades e de tal forma que saíam satisfeitas com as discussões travadas e com os resultados obtidos. Eis a resposta da nossa equipe:

"E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum".(At 2.44)


Os bastidores do evento, as ações preparatórias para que ele ocorresse, a perseguição pela formação de uma Rede Solidária para que, sem dinheiro algum, pudéssemos realizar um evento tão grande para nós, só é entendido quando se considera o acreditar.

Nós tínhamos uma necessidade e a crença de que poderia acontecer. Com esses dois elementos, partimos para convencer as pessoas de que também embarcassem conosco. Daí porque destacamos aqui as parcerias com a Editora Saraiva, a Escola Agrotécnica Federal de Castanhal, as empresas frigoríficas MAFRINORTE e Extremo Norte, a empresa de alimentos Cesta Básica, a Câmara Municipal de Castanhal, a Prefeitura Municipal de Castanhal, a Faculdade de Castanhal - FCAT e o Grupo PROJOVEM Adolescente que fez a abertura cultural do evento.

Parabéns a toda a equipe que como Cora Coralina, fez a escalada da montanha, removeu pedras e plantou flores. O processo de informática educativa no nosso município começa a trilhar novos caminhos, graças a força e coragem de vocês!!


NÃO SEI...


Não sei...
se a vida é curta
ou longa demais para nós.

Mas sei que nada do que vivemos
tem sentido,
se não tocarmos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
colo que acolhe,
braço que envolve,
palavra que conforta,
silêncio que respeita,
alegria que contagia,
lágrima que corre,
olhar que sacia,
amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo:
é o que dá sentido à vida.

É o que faz com que ela
não seja nem curta,
nem longa demais,
mas que seja intensa,
verdadeira e pura...
enquanto durar.

Autora: Cora Coralina


2 comentários:

  1. Não tivemos muito tempo para fazermos uma avaliação do evento no seu final, o que seria muito proveitoso, mas não posso deixar de registrar meus parabéns a toda a equipe, sabendo que para realizar um evento dessa magnitude e com as condições que todos conhecemos, não é nada fácil. Nós, daqui de São Francisco saímos muito gratos pelo que aprendemos tanto nos pronunciamentos como nos grupos de trabalho, conhecendo os sucessos e dificuldades de outras realidades. Obrigada pelo esforço de fazer tudo certinho. Sei que foi pensando em cada um de nós que talvez tenham perdido o sono e a tranquilidade por algumas vezes. Ficamos felizes por estarmos sob a orientação deste NTE que cada vez mais demonstra trabalho e compromisso para que, realmente a tecnologia possa ser utilizada na escola na formação alunos-cidadãos. Mais uma vez obrigada. Peço desculpas pelo "mau jeito" na hora de brigar pelo tempo, mas esperei muito por aquele momento que, assim como os outros, foram muito significativos pra todos nós. Parabéns pela organização e pelo cuidado com os detalhes. Toda a equipe pode se sentir abraçada por nós e você, Jamille, não é de hoje que declaramos o quanto vc é importante nesse processo onde aprendemos a sonhar, pois trabalhar com a tecnologia na escola era algo que até pouco tempo não era cogitado na minha vida profissional. Você plantou a semente e, com seu trabalho, continua a regar. Acredito que os frutos, que ainda são poucos, possam se multiplicar em novas safras.Continue sendo nosso espelho. Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Este NTE se sente gratificado por sua avaliação do evento. O maior coroamento pelos nossos esforços vem das palavras de vocês que se manifestaram no dia mesmo do evento ou aqui através do blog. Nenhuma outra avaliação pesa mais para nós do que a do público para o qual o evento foi pensado.É a certeza de que estamos no caminho certo, deixando de sonhar para concretizar, a passos pequenos, mas sempre caminhando juntos. Aguardamos vocês para a Oficina de blogs!! Abraços.

    ResponderExcluir