terça-feira, 10 de novembro de 2009

DESTAQUE NA REVISTA VEJA

Até a VEJA reconhece!!!!
Novembro 10, 2009

VEJA

Quem leu a revista Veja do dia onze de novembro de 2009 (a representante mor do PIG) chega as seguintes conclusões:


1) As práticas pedagógicas em relação ao uso das novas tecnologias da escola pública está há um ano luz na frente das experiências vivenciadas nas escolas particulares;

2) A professora Orca de Bragança se consagrou definitivamente como a rainha do blogue;

3) Eric e Fabíola – da escola Helena Guilhom, mostraram de forma inquestionável como se deve incorporar as novas tecnologias no currículo escolar;

4) Jean aluno da escola Palmira Gabriel – que criou um pequeno software livre, deu uma lição de como os alunos podem ser protagonistas de experiências exitosas em nossas salas de informática;

5) É maravilhoso ver a tela do Boto mesmo na revista Veja;

6) O SINTEPP – por questões ideológicas, não consegue reconhecer a bela produção com uso das novas tecnologias dos professores da rede estadual nas salas de informática. O depoimentos dos professores deixou em saia justa a visão atrasada sobre informática educativa veiculada na revista pelo dirigente sindical. Aliás, a politica pública de informática e educação não é dar pendrive para os professores(as);

7) A Secretária de Educação deve urgentemente indicar o novo coordenador(a) da CTAE para que não haja descontinuidade em nossas políticas públicas para informática educativa e inclusão digital;

8) A Veja acabou mostrando positivamente a nossa experiência construída em dois anos e meio de governo popular;

9) A matéria veiculada na revista foi apenas ponta do iceberg em relação ao produzido em nossas escolas;

10) Uma pema que não tenha mencionado nossos NTES, NAVEPARÁ, PROINFO, ALUNO REPÓRTER, ALUNO ARGONAUTA E ALUNO INTEGRADO.

Veja a matéria na íntegra no blog da rainha do blogue

Clique aqui


Texto: ghost

Imagem: blog da orca

TEXTO EXTRAÍDO DO BLOG DA CTAE

Um comentário:

  1. Não li a matéria, mas fico muito feliz pelo reconhecimento e concordo com o comentário feito em relação ao SINTEPP. É impressionante como o radicalismo tendencioso domina o movimento e impede de que sejam reconhecidas as vitórias educacionais que conquistamos nos últimos anos, principalmente na área tecnológica.
    Temos muito o que percorrer,mas enxergar o quanto já foi trilhado serve de incentivo para perseverarmos na caminhada.
    Josiany

    ResponderExcluir